Gestor de tráfego: o que faz, quanto ganha e como se tornar um?

Gestor de tráfego:

A profissão mais badalada do marketing digital.

O profissional mais desejado pelas empresas que querem vender na internet.

O motivo?

Receber tráfego é a primeira coisa que qualquer negócio precisa fazer para vender no digital.

E o gestor de tráfego é o profissional responsável por fazer essa mágica acontecer.

Nesse artigo você vai aprender tudo sobre a profissão que mais cresce mais internet.

 

O que é um gestor de tráfego?

Imagine que você tem uma loja de sapatos.

E como todo empresário, você quer aumentar suas vendas.

Então, você contrata alguém para ficar com um megafone na porta da sua loja anunciando seus produtos.

O que vai acontecer?

Mais pessoas ouvirão falar de seus produtos, entrarão na sua loja e comprarão de você.

Alguma ideia de onde eu quero chegar?

O marketing na internet parece com o do mundo físico.

Imagine agora que você tem uma loja virtual de sapatos.

E para variar, você também quer aumentar suas vendas.

Adivinha o que você precisa fazer?

Aumentar o tráfego da sua loja virtual!

Ou seja, fazer mais pessoas conhecerem seus produtos, entrarem no seu site e comprarem de você.

E onde entra o gestor de tráfego?

O gestor de tráfego também usa um megafone (só que na internet).

Ele divulga os produtos ou serviços de uma empresa para aumentar seu tráfego e suas vendas pelo digital.

Ou seja, um gestor de tráfego:

  • Divulga os produtos ou serviços de uma empresa na internet
  • Torna essa empresa mais conhecida no ambiente digital
  • Aumenta a quantidade de pessoas visitando suas páginas na web (site, landing page, redes sociais, etc)
  • E, consequentemente, faz essa empresa vender muito mais pela internet

 

O que faz um gestor de tráfego?

Imagine que você tem uma empresa e quer aumentar suas vendas.

Você contrata então um gestor de tráfego para trabalhar no seu negócio.

O que ele faria para sua empresa?

Primeiro ele criaria uma estratégia de tráfego sob medida para você.

Ou seja, ele analisaria seu negócio para definir:

Qual a melhor forma de divulgá-lo na internet, aumentar seu tráfego e fazê-lo vender mais?

Tudo começa com um bom planejamento.

Em seguida, ele executaria as estratégias de tráfego.

Ou seja, criaria anúncios pagos para divulgar seus produtos ou serviços.

Ou investiria em estratégias de tráfego orgânico com o mesmo objetivo.

Tudo certo até aqui: estratégia tá ok, execução tá ok.

E agora?

Bom, agora o gestor monitoraria suas estratégias de tráfego.

Para quê?

Para saber se elas estão gerando bons resultados.

E para tomar decisões que melhorem as estratégias de tráfego e gerem ainda mais vendas.

De forma resumida, um gestor de tráfego:

  • Planeja estratégias de tráfego
  • Executa estratégias de tráfego
  • Monitora estratégias de tráfego através de dados
  • Toma decisões para melhorar as estratégias e gerar mais vendas

 

Qual a importância do gestor de tráfego?

Uma vez um amigo me perguntou:

“Victor, por que a Amazon é a loja virtual que mais vende no mundo?”

Eu respondi o seguinte:

“Porque todos os dias milhares e milhares de pessoas acessam o site da Amazon para comprar.”

Ou seja, a Amazon vende muito porque recebe muito tráfego.

Pense nessa analogia:

Se a Amazon fosse uma loja física, ela seria daquelas gigantescas localizadas em uma avenida onde passam milhares de pessoas todos os dias.

E com milhares de pessoas passando pela sua porta todos os dias, inevitavelmente muitas decidiriam entrar para comprar.

E por isso ela venderia muito.

O que eu quero que você entenda aqui é simples:

Qualquer empresa que quer vender na internet precisa receber tráfego.

Ou seja, se você quer vender pelo digital, invista primeiro em tráfego para divulgar seus produtos ou serviços.

A partir disso, mais clientes conhecerão sua empresa e visitarão suas páginas na internet.

Logo em seguida, eles começarão a comprar de você.

E onde entra o gestor de tráfego nessa história?

O gestor de tráfego é quem divulgará sua empresa para ela receber mais tráfego.

E, consequentemente, aumentar suas vendas.

Você ainda tem dúvidas que um gestor de tráfego é importante?


gestão de tráfego e vendas na internet

 

Quanto custa contratar um gestor de tráfego?

Depende da experiência do gestor que você deseja contratar.

Se você quer um gestor mais experiente, pagará acima de R$1.000 por mês.

Se quer um menos experiente, em torno de R$300 a R$800 por mês.

Gestores mais experientes te cobrarão mais caro porque entregarão mais resultados.

Ou seja, aumentarão as vendas da sua empresa mais rápido do que um gestor com menos experiência.

No final das contas, não existe gestor de tráfego “caro” ou “barato”.

O que existe é custo x benefício.

Veja só:

É melhor contratar um gestor que cobra R$500 ou um que cobra R$1.000 por mês?

Depende.

Depende quanto cada um deles irá te gerar de resultado.

Se o gestor de R$500 não aumentar suas vendas nem em R$1, ele é “caro”, certo?

E se o gestor de R$1.000 triplicar suas vendas em 1 mês, ele é “barato”, concorda?

Dica de ouro:

Nunca contrate um gestor de tráfego pelo preço que ele cobra.

Sempre contrate pela qualidade do serviço que ele entrega.

Ou seja, contrate aquele que for capaz de gerar mais vendas para sua empresa pela internet.

Como diz meu pai:

“O barato muitas vezes sai caro e o caro muitas vezes sai barato”.

 

Precisa contratar um gestor de tráfego?

Você está no lugar certo.

Somos uma agência focada em gestão de tráfego pago e podemos fazer sua empresa vender muito mais pela internet.

Clique aqui para pedir um orçamento.

 

Quais os tipos de gestor de tráfego?

Antes de falar sobre os tipos de gestores de tráfego, preciso te explicar uma coisa.

Você sabia que existem 2 tipos de tráfego na internet?

Tráfego pago e tráfego orgânico.

O tráfego é chamado de “pago” quando você paga para alguém visitar suas páginas na internet.

Por exemplo: você tem uma empresa de contabilidade e criou um anúncio para divulgá-la no Google.

Quando alguém clicar no anúncio e visitar seu site, esse tráfego será um “tráfego pago”.

E por quê?

Porque você pagou um anúncio no Google para receber essa visita no seu site.

E o tráfego orgânico?

O tráfego é chamado de “orgânico” quando você não paga para alguém visitar suas páginas na internet.

Exemplo: uma pessoa digita “empresa de contabilidade” no Google e encontra seu site na primeira página.

Quando essa pessoa clicar no link e visitar seu site, esse tráfego será um “tráfego orgânico”.

E por quê?

Porque você não pagou por um anúncio para receber essa visita no seu site.

Conseguiu entender a diferença entre tráfego pago e orgânico?

Feitas as devidas introduções, agora vamos ao que importa.

Existem 2 tipos de gestores de tráfego:

  • Gestor de tráfego pago
  • Gestor de tráfego orgânico

 

Gestor de tráfego pago

Imagine que você tem uma loja virtual que não vende quase nada.

Então você contrata um gestor de tráfego pago para te ajudar.

O gestor criaria anúncios para divulgar seus produtos e fazer mais pessoas conhecerem seu site e comprarem de você.

Ele poderia fazer isso, por exemplo, criando anúncios no Google ou no Instagram.

Ou seja, um gestor de tráfego pago divulga os produtos ou serviços de uma empresa na internet através de anúncios pagos.

As principais plataformas de anúncios pagos são:

  • Google Ads
  • Facebook Ads
  • Instagram Ads
  • LinkedIn Ads
  • Twitter Ads
  • Taboola
  • Outbrain

 

Gestor de tráfego orgânico

Já um gestor de tráfego orgânico usa estratégias de tráfego orgânico para divulgar produtos ou serviços na internet.

Imagine que você tem uma contabilidade e não recebe contato de novos clientes no seu site.

Um gestor de tráfego orgânico poderia, por exemplo, melhorar o posicionamento do seu site no Google.

Ou seja, fazer ele aparecer na primeira página quando alguém buscasse por “contratar empresa de contabilidade”.

E isso sem ter que pagar por anúncios.

Dessa forma, novos clientes encontrariam sua empresa na internet e poderiam comprar de você.

Ou seja, um gestor de tráfego orgânico divulga os produtos ou serviços de uma empresa na internet através de estratégias de tráfego orgânico.

As principais estratégias de tráfego orgânico são:

 

Gestor de tráfego pago x gestor de tráfego orgânico

Você percebeu que tanto o gestor de tráfego pago, quanto o gestor de tráfego orgânico, tem o mesmo objetivo?

Ambos divulgam os produtos ou serviços de uma empresa para aumentar suas vendas pela internet.

A diferença é o que eles fazem para alcançar esse objetivo.

Ou seja, eles usam métodos diferentes para chegar ao mesmo resultado.

O gestor de tráfego pago utiliza anúncios pagos.

Enquanto o gestor de tráfego orgânico faz isso com estratégias de tráfego orgânico.

Então você pode me perguntar:

Qual deles é melhor?

Não existe um melhor.

Tanto um gestor de tráfego pago, quanto um orgânico, podem ajudar uma empresa a gerar muitas vendas pela internet.

 

Como se tornar um gestor de tráfego?

Primeiro aprenda tudo sobre marketing digital.

Tráfego é só uma parte do processo de vender pela internet.

Ou seja, um gestor de tráfego precisa saber tudo sobre como vender produtos ou serviços na internet.

E não apenas sobre como fazer tráfego.

Para aprender mais sobre marketing digital, recomendo que você faça um curso sobre o assunto.

Encontre uma lista de ótimos cursos sobre marketing digital clicando aqui ou aqui.

Ok, você já domina o marketing digital?

Chegou a hora de aprender sobre tráfego.

Aqui eu também recomendo que você faça um curso.

Seja sobre tráfego pago, seja sobre tráfego orgânico.

Por que eu sempre recomendo que você faça um curso?

Porque fazer um curso é a forma mais rápida para aprender sobre um assunto.

Clique aqui e encontre uma lista dos melhores cursos de tráfego pago da internet.

Depois de dominar a teoria do marketing digital e do tráfego, chegou a hora de você praticar.

Afinal, só dominamos um assunto quando praticamos.

Pegue alguns projetos de tráfego para testar seu conhecimento.

Você pode conseguir alguns clientes cadastrando-se em plataformas de freelancers.

Ou então ofereça seus serviços para familiares e amigos.

Ou até mesmo procure uma vaga de emprego em alguma agência de marketing digital.

O importante é você praticar o que aprendeu nos cursos.

Faça seu máximo para conseguir aumentar as vendas de alguém pela internet.

Afinal, esse é o objetivo final de todo gestor de tráfego.

Teoria ok, prática ok?

Agora você já pode se considerar um gestor de tráfego (bem vindo ao time).

 

Quais habilidades necessárias para se tornar um gestor de tráfego?

As principais são paciência e constância.

Se tornar um gestor de tráfego não é fácil.

Você passará por altos e baixos, terá bons resultados e maus resultados.

E para superar tudo isso, precisará de paciência e constância.

Você lapidará suas habilidades a cada novo cliente, a cada novo projeto.

Isso leva alguns anos.

Sendo paciente e constante, você aprenderá as outras habilidades com o tempo.

Por exemplo:

Você precisará entender sobre negócios para criar estratégias de marketing e vendas para seus clientes.

Além disso, você precisará analisar muitas métricas de marketing.

Análise de dados é uma habilidade muito importante para o gestor de tráfego.

Você também terá que falar constantemente com seus clientes.

Para explicar suas estratégias e apresentar os resultados do projeto.

Ou seja, boa comunicação também importa.

Mas tudo isso você aprende com o tempo.

O mais crucial para se tornar um gestor de tráfego é ter paciência e constância.

E a cereja do bolo: muita disciplina!

Correr atrás do que você quer se tornar todos os dias.

Até que um dia você se tornará um excelente gestor de tráfego, tenho certeza!

 

Quanto ganha um gestor de tráfego?

Como quase tudo nessa vida: depende.

Depende da experiência do gestor.

E de quanto resultado ele entrega para seus clientes.

De acordo com a Glasdoor, o salário médio de um gestor de tráfego no Brasil é de R$2.419 por mês.

Essa é uma média daqueles que são funcionários com carteira assinada no regime CLT.

Existem gestores que ganham muito mais.

Como aqueles mais experientes e que prestam serviços para várias empresas ao mesmo tempo.

Muitos ganham acima de R$10.000 por mês.

Há também gestores muitos famosos ganhando acima de 5 dígitos por mês.

Ou seja, recebendo mais de R$100.000 todos os meses.

É fácil chegar nesse salário?

Evidente que não. Mas é possível.

E no início da carreira?

A remuneração também é boa se você for um gestor esforçado e competente.

É comum encontrar gestores mais novos e com menos experiência trabalhando como freelancers e ganhando acima de R$5.000 por mês.

 

Onde trabalhar como gestor de tráfego?

Você pode trabalhar de várias formas como gestor de tráfego.

A primeira seria como freelancer ou autônomo.

Nesse caso, você prestaria serviço para várias empresas ao mesmo tempo.

E geralmente para empresas pequenas/médias que não possuem departamento interno de marketing.

Você também pode trabalhar como contratado de alguma empresa.

Geralmente para grandes empresas que possuem departamento interno de marketing digital.

Outra possibilidade seria você trabalhar para uma agência de marketing digital.

A maioria das agências contrata gestores para fazer o tráfego de seus clientes.

Nesse caso, você também trabalharia para várias empresas ao mesmo tempo.

Mas a agência intermediaria sua relação com esses clientes.

 

Como encontrar vagas de emprego para gestor de tráfego?

Há vários lugares onde você pode encontrar empresas oferecendo oportunidades para gestores de tráfego.

Recomendo que você comece buscando por sites especializados em vagas de emprego.

Veja abaixo uma lista dos mais relevantes.


Clique em cada um dos links e tente encontrar alguma vaga disponível.

Além disso, acesse também o site de empresas que você admira e procure pela seção de “empregos” ou “vagas”.

Verifique se existe alguma vaga aberta para gestor de tráfego.

Outra opção é acompanhar as redes sociais dessas empresas.

Muitas delas divulgam vagas em seus perfis nas redes sociais (principalmente no LinkedIn).

 

Como conseguir clientes como gestor de tráfego?

No começo é difícil conseguir clientes.

Principalmente quando você ainda não tem experiência ou cases de sucesso para apresentar.

Por isso, comece fazendo alguns freelas.

Cadastre-se em plataformas como Workana ou Freelancer e feche projetos menores de tráfego.

Você ganhará pouco dinheiro, mas ganhará muita experiência para depois vender projetos maiores.

Outra opção é começar trabalhando como contratado para alguma empresa ou agência.

Ou seja, ao invés de começar como autônomo e ter que correr atrás dos seus clientes desde o início, trabalhe antes para alguém.

De preferência para uma agência.

Assim você poderá executar projetos de tráfego para vários clientes.

E sem ter que saber vender o projeto para eles (pois a agência quem fará isso).

Dessa forma, você ganhará muita experiência e também terá um salário razoável.

Depois você pode pedir demissão e abrir sua própria empresa de gestão de tráfego.

Com mais experiência você saberá o que fazer para conquistar seus próprios clientes.

Agora se você já é um gestor de tráfego mais experiente e está pronto para vender projetos, meu conselho é simples:

Faça para si aquilo que você vende para seus clientes.

Ou seja, invista em tráfego pago para divulgar seus serviços de gestão de tráfego no Google ou nas redes sociais.

Use também estratégias de tráfego orgânico.

Crie um blog, produza conteúdos para as redes sociais, faça e-mail marketing.

Dica de ouro:

Para conseguir muitos clientes, invista muito no seu próprio marketing.

 

Afinal, vale a pena se tornar um gestor de tráfego?

Sem dúvida.

Muitas empresas brasileiras já investem em marketing digital.

Além disso, todos os dias milhares de novas empresas querem começar a vender pela internet.

E como já mencionei aqui, receber tráfego é o ponto inicial para qualquer negócio vender no digital.

Seja para comercializar produtos, serviços ou infoprodutos.

Tudo começa com o tráfego.

E quem é o responsável por gerar tráfego?

O gestor de tráfego.

Ou seja, as empresas brasileiras ainda contratarão muitos gestores de tráfego.

E pagarão salários e remunerações cada vez maiores.

Mas, como em toda profissão, nem tudo é fácil.

Não é fácil se tornar um gestor de tráfego.

Você precisará estudar muito, ter muita paciência e disciplina.

Mas no final valerá a pena?

Com certeza!

 

Resumo do artigo

O que é um gestor de tráfego?

Gestor de tráfego é o profissional responsável por gerenciar o tráfego (quantidade de visitantes) que uma empresa recebe em suas páginas na internet.

 

O que faz um gestor de tráfego?

O gestor de tráfego divulga os produtos ou serviços de uma empresa na internet para torná-los mais conhecidos e, consequentemente, aumentar suas vendas.

 

Quanto custa contratar um gestor de tráfego?

Se você quer contratar um gestor mais experiente, acima de R$1.000 por mês. Se quer um menos experiente, em torno de R$300 a R$800 por mês.

 

Qual a importância do gestor de tráfego?

Receber tráfego é a primeira coisa que uma empresa precisa fazer para vender pela internet. E o gestor de tráfego é o profissional responsável por fazer uma empresa receber mais tráfego para aumentar suas vendas pelo digital.

 

Quais os tipos de gestor de tráfego?

  • Gestor de tráfego pago: divulga os produtos ou serviços de uma empresa na internet através de anúncios pagos.
  • Gestor de tráfego orgânico: divulga os produtos ou serviços de uma empresa na internet através de estratégias de tráfego orgânico.

 

Como se tornar um gestor de tráfego?

  1. Aprenda sobre marketing digital
  2. Aprenda sobre estratégias de tráfego pago e tráfego orgânico
  3. Aplique seu conhecimento fazendo tráfego para algumas empresas

 

Como encontrar vagas de emprego para gestor de tráfego?

 

Infográfico de gestor de tráfego:

Confira abaixo nosso infográfico com um resumo de tudo o que você precisa saber sobre gestor de tráfego:

Copyright 2024 © Growth Labs. Todos os direitos reservados.